Douce France 1 (com o patrocínio do Institut Franco-Portugais)

Uma pessoa de propensão conservadora alegra-se naturalmente com o facto de todos os anos a França ter o seu Maio de 68. Na verdade, o que seria a França sem a sua dose anual de manifestações de estudantes e funcionários públicos? Acima de tudo, trata-se de uma tradição agora velha de praticamente 40 anos (é para o ano pessoal, toca já a preparar os artigos evocativos). Porque, na verdade, o Maio  de 68 é quando um homem quiser.

Desapontamentos, só do lado dos comentadores portugueses, que este ano ainda não se angustiaram sobre se a revolução ainda faz sentido e qual o papel dos intelectuais franceses no mundo. Talvez para a semana. Ou então para o ano.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: