Agora nem isso

(Publicado no jornal Metro, 24/2/2011)

O mais interessante da História é a ironia. Há dois anos, o mundo e os EUA votaram em Barack Obama em boa parte contra a “agenda da liberdade” do antigo presidente Bush. Nos anos anteriores tinha aparecido uma estranha sensibilidade à sensibilidade do “mundo islâmico” em relação à “arrogância ocidental”. Tínhamos de entender a “milenar cultura islâmica” e as suas “especificidades”, que eram “irredutíveis” ao “rolo compressor do Ocidente”. Obama desmultiplicou-se em discursos: em fársi (dirigidos à elite iraniana) ou em inglês (ao “mundo islâmico”); a mensagem era clara: os regimes do norte de África e Médio Oriente eram estáveis, a sua não era a cultura ocidental, tínhamos de nos entender com eles. Dois anos depois, a “agenda da liberdade” explodiu nas mãos do presidente que a recusou, e o presidente não sabe o que fazer. O espectáculo de hesitação da administração Obama impressiona. Onde está a arrogância ocidental quando precisamos dela?

A estupefacção de Obama e a incapacidade para agir de forma coerente demonstra um facto importante: estas revoluções do mundo islâmico estão também a ser feitas contra o presidente americano, que recuperou o carinho para com as autocracias locais. A clareza da arrogância ocidental na presidência dos EUA seria agora essencial para tentar conduzir o processo na direcção mais próxima possível da criação de democracias locais. Mas, tal como já aconteceu com a revolução iraniana de 2009, a oposição moderada àquelas ditaduras deve ser o lugar mais solitário do mundo: sem apoio ocidental, ela não tem organização, e quem cobre o vazio é o radicalismo islâmico. Veja-se o caso do Egipto: apesar do folclore muito apreciado pela classe jornalística ocidental do facebook e do twitter, o Egipto não passa neste momento de uma ditadura militar, com a Irmandade Muçulmana à espreita. Claro que tentar conduzir o processo no sentido da liberdade moderada não garantia sucesso automático. Mas ao menos era uma tentativa. Agora nem isso.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: