Momento Luís Freitas Lobo

1. Parece que a Espanha é uma maravilha. Viu-se à rasquinha para ganhar 1-0 a Portugal.

2. A Espanha não me convence. Entrou com uma única ideia para este jogo: atacar pelo lado direito da defesa de Portugal, que é o pior. Villa contra Ricardo Costa. Qual o resultado? Evidente: Costa foi comido três vezes e Eduardo teve de nos safar três vezes. Assim que Costa passou a ser apoiado por Pepe e que a Espanha manteve a mesma estratégia, a Espanha nunca mais criou perigo. Em contrapartida, esta foi a altura em que Portugal podia ter marcado por duas vezes.

3. A Espanha salvou-se do colete de forças quando começou a jogar à velha inglesa, logo no princípio da 2ª parte. Chamou Llorente, uma espécie de Peter Crouch espanhol, e começou a mandar centros para área desde muito longe. O golo ia entrando assim. Mesmo que não tenha sido Llorente a marcar, a defesa portuguesa teve de baixar, o que abriu espaço para o Xavi e o Villa fazerem o golo que realmente entrou (do lado direito: lá está). Diz-se que a Espanha joga um futebol maravilhoso. Não vi nada disso ontem.

4. Boas notícias: com Bosingwa, Portugal terá uma das melhores defesas do mundo.

5. Más notícias: faltam jogadores para o meio-campo atacante e para o ataque. Há por aí mais do que os que foram: Carlos Martins, João Moutinho, Nuno Assis, mas não são muitos e não são nenhuns Figo, Rui Costa ou Cristiano. Exceptua-se o Nani.

6. Cristiano ganha certamente o prémio do idiota do Mundial. Remates a 50m, remates a 40m, corridas para nada, certamente à procura de marcar um golo sozinho. Será talvez uma maneira de nos dizer que não quer jogar na selecção. Talvez a selecção lhe devesse fazer a vontade: é como se não estivesse lá. É pior: é como se fosse um adversário.

7. E depois há os mistérios: o mistério Nani; o mistério Deco. O mistério das não convocatórias de Carlos Martins e João Moutinho. E porque não jogou Paulo Ferreira em vez de Ricardo Costa? Mesmo em baixa de forma seria certamente melhor. Terá sido por solidariedade com Deco? Porque jogou Simão assim? Ou melhor, porque não jogou?

8. Conseguirá Queiroz alguma vez ter mão nesta balbúrdia, entre a Federação, os empresários de jogadores e as primas-donas para quem (do alto dos seus contratos no Real Madrid, no Chelsea, no Atlético de Madrid e outros que tais) a selecção não passa de uma chatice? Seria bom que tivesse, promovendo outros jogadores e mandando muitos destes dar uma volta.

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: