Soluções instantâneas

Pelo que tenho visto, somos um povo amante de soluções instantâneas. A solução instantânea da moda é a “perda de soberania orçamental”. Agora é a Alemanha que manda nas nossas finanças públicas? Haverá coisa melhor? Portámo-nos mal, a Alemanha tem todo o direito a mandar em nós. O que não se limita a ser bom, é uma maravilha.

Nós bem queríamos que mandassem em nós, mas a coisa não é bem assim: estamos numa união, não estamos no IV Reich, de que seríamos uma colónia. Uma união implica partilha de responsabilidades. A perda de soberania orçamental não é só para nós, é para todos. Só para pensarmos todos um bocadinho: “It would clearly be anathema to the German government to have its spending and tax policies approved by France, let alone by Greece and Portugal”.

Todo o português iluminado sonha em acabar com esta “piolheira”, ser a Alemanha, ser a França, ser a Inglaterra, ser os Estados Unidos, ser a Europa. Mas a “piolheira” tem uma estranha tendência para não acabar.

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: