Mau clima

(Publicado no jornal Metro, 3/11/2009)

O século XXI já tem o seu escândalo científico: “piratas informáticos” interceptaram trocas de email de uma unidade de investigação inglesa dedicada ao estudo do clima, a Climate Research Unit (CRU), da Universidade de East Anglia e publicaram-nas. O resultado é uma vergonha: cientistas, indivíduos cuja actividade deveria ser o estabelecimento da verdade, aparecem a esconder e destruir dados que contrariam a sua hipótese ou a alterar dados e parâmetros de forma a confirmar a sua hipótese. A sua não é uma hipótese qualquer: é a hipótese do aquecimento global do planeta, e o CRU um dos centros que mais contribuiu para o famoso “consenso científico” estabelecido pelo Painel Intergovernamental para as Alterações Climáticas da ONU. Ou seja, a poucos dias da Conferência de Copenhaga, não sabemos se o “consenso científico” sobre o aquecimento global não passa afinal de uma fraude científica planetária.

Em matéria de aquecimento global, confesso-me agnóstico. Sei que no passado o clima aqueceu e arrefeceu (aquecimento medieval; idade do gelo do século XVI). Nada impede a ocorrência de um novo ciclo quente. Uma hipótese complementar seria a de que o actual (e presumível) aquecimento se deveria à actividade económica humana. Mais uma vez, é possível, graças à industrialização. Mas tudo isto são hipóteses, não verdades. A histeria em torno do aquecimento global não é científica. Nem todas as hipóteses científicas se transformam em verdades e todas as verdades são potencialmente provisórias. Não é possível ser tão peremptório sobre o aquecimento como se vê por aí nos jornais e na televisão. Se exceptuarmos quem trabalha directamente no estudo do clima, ninguém possui os instrumentos indispensáveis para uma avaliação independente. Acreditar ou não no aquecimento global é uma questão de fé. O filtro da comunidade científica deveria servir para nos tornarmos mais cépticos e não mais excitados. São episódios como este que questionam a sua credibilidade e esse papel.

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: