O país com paredes de vidro

Em 1988, fui à União Soviética. Vivia-se a era da Glasnost (ou transparência, se não me engano). Para além da geral tristeza do sítio, espantou-me o facto de os jornais estarem cheios de denúncias de corrupção. Mais, vivi imerso na corrupção do sistema durante as duas semanas que lá estive: desde a troca de rublos por dólares no mercado negro, oferecida no átrio do hotel, à venda de caviar ao preço da uva mijona desde que pago em dólares, à oferta de prostituição (pela mesma pessoa que me tinha tentado vender o caviar), desde que paga em dólares, ao táxi que levava 7 pessoas desde que lhe pagássemos em dólares, tudo se fazia fora dos mecanismos legais. Três anos depois, o país e o regime já não existiam.

Serve isto para dizer três coisinhas: nestas histórias de corrupção, não vale a pena denunciar a ganância ou o capitalismo selvagem. O comunismo selvagem era pior: tinha tanta ganância como cá, tinha mais corrupção e ainda tinha mais pobreza e campos de concentração.

A outra coisa é que a corrupção aumenta na proporção dos obstáculos legais que são postos às mais inócuas actividades económicas: se para abrir um café era preciso que ele estivesse de acordo com o Plano Quinquenal, então nada se podia fazer.

É por isso que são idiotas as denúncias selectivas do cavaquismo que se andaram por aí a fazer, como aqui disse. Isso só se explica pelo ressabiamento político de quem se sentiu humilhado pelas derrotas na altura e nunca percebeu o que, à época, representou o cavaquismo. Como será idiota denunciar selectivamente o guterrismo, coisa que não quis fazer aqui. O problema não está na corte de cavaquistas (e não me refiro, obviamente, à corte do Tiago) nem de guterristas. O problema é outro.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: