Crescendo em público

(Publicado no jornal Metro, 22/10/2009)

Diz-se que os votantes dos partidos de direita (PSD e CDS) se transferem entre si com mais facilidade do que os de esquerda (PS, PC e BE). Como toda a tradição, esta também só existe até desaparecer. A esquerda vem crescendo em público, revelando um comportamento mais maduro. Se as direcções continuam a tratar-se de gatunos para baixo, já os votantes transitam cada vez mais. Tudo começou pelos anos 90, quando bastiões comunistas (na periferia de Lisboa ou no Alentejo: Amadora, Loures ou Évora) passaram para o PS de forma duradoura. E a nível nacional o PS foi esvaziando o PC, enquanto o BE teve o efeito contrário, erodindo a margem do PS.

A este respeito, o último conjunto de eleições é muito interessante: a nível nacional, o BE roubou grande número de votantes ao PS. Mas logo a seguir, para a câmara de Lisboa, o PS esvaziou o BE até à insignificância, a que acresceram muitos votos do PC. Basta andar um pouco pelo país para ver como o velho mundo proletário e camponês deu lugar a uma generalizada classe média, muita dela com impecável boa consciência humanitária e de costumes. Estas pessoas ligam pouco a labéus partidários e já não têm raízes sociais que a prendam a um determinado partido. Bem pode António Costa “malhar” no BE; daí não resulta um comportamento óbvio dos votantes do BE: tanto fogem dele como depois lhe dão maioria absoluta. A esquerda vem criando um claro mecanismo de vasos comunicantes: para votar útil não há grandes complexos em votar PS; para protestar, também não há grandes problemas em largá-lo. Isto dá-lhe um largo potencial de votos, mas também o obriga a encostar-se à esquerda. O que desguarnece o centro. Caberia ao PSD aproveitar esta falta de representação. Mas para o fazer teria também ele de avançar com qualquer coisa capaz de atrair a vasta classe média nacional. E não será uma colecção de criaturas atribuindo-se muita importância a si mesmas e debicando-se violentamente num cinema perto de si que serão capazes de o fazer.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: