Democracias

É comovedor o desvelo que se vai vendo por aí com a democracia iraniana. Sem dúvida que é uma democracia (toda a gente vota), mas nós não gostaríamos que fosse a nossa: os mullahs escolhem os candidatos, os partidos são todos islâmicos, as mulheres têm direitos diminuídos, metade da população (os não-persas) têm também direitos diminuídos (quando não são mesmo reprimidos), os homossexuais são exceutados. Neste aspecto, é interessante o muito menor desvelo que é dedicado às duas democracias do Médio Oriente onde a pata feia e bruta de Bush mais se fez sentir: o Iraque e o Líbano. É interessante porque, sem serem também exactamente democracias como a nossa, estão muito mais próximas, sobretudo em termos dos direitos de partidos não-islâmicos, dos vários grupos étnicos e, até, das mulheres e dos homossexuais. E depois há outra coisa: quem julga que a vitória do moderado Mousavi (que os jornalistas gostam de chamar o “Obama do Irão”, assim como a sua mulher é a “Michelle do Irão”, embora bastante mais tapadinha na indumentária, como a fotografia ilustra) significa o fim do programa nuclear e dos problemas com o “Ocidente” bem se pode desiludir.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: