Toda a espécie deles

Durante o tempo de Bush, aquilo que mais me espantou não foi a opinião legítima e articulada de alguns. Também não foi o cinismo de outros, que o criticavam sabendo que as alternativas praticamente não existiam. Também não foi a presumível idiotice do próprio, na qual não acredito. Foi a quantidade de idiotas úteis e inúteis que por aí pulularam. Toda a espécie deles. Em breve descobrirão o papelão a que se sujeitaram.  Embora, verdade seja dita, muitos deles têm tanta capacidade para, na altura certa, reivindicar como próprias ideias que antes atacaram furiosamente, que já não digo nada.

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: