É preciso ter calma… e fé…

Parece que a dita “confiança” regressou. Temporariamente? Definitivamente? Temos de esperar.

Algumas notas de precaução:

1. O comportamento das bolsas não é saudável. Subidas de 5%, 7%, 8%, 12% num só dia quando ainda há uma crise financeira em curso é sinal de duas coisas: primeira, fomos todos (sim, todos, pois é o nosso dinheiro enquanto contribuintes que agora está em jogo) chantageados pelos mercados de capitais, que fizeram birra até obterem o que queriam: promessas da sua salvação praticamente incondicional; segunda, estamos na mão de histéricos, que um dia estão na fossa e no seguinte julgam-se outra vez os melhores condutores do mundo.

2. Como foi dito ali mais abaixo, o importante é mesmo a “confiança”. Na verdade, nenhum dos Estados que se comprometeu a salvar todos os bancos pode efectivamente salvá-los todos, a não ser que regresse aos métodos das rotativas furiosas, típicos da América Latina ou de tempos de guerra. A ideia é acomodar aqueles que vão mesmo precisar (e esses já estão a aparecer) na esperança de que os outros consigam sobreviver por si próprios.

3. Se a “confiança” realmente regressar, vem aí uma inflação de proporçoes difíceis de avaliar: o sistema financeiro está inundado de dinheiro; esse dinheiro neste momento está entesourado; quando começar a ser libertado só pode dar em inflação.

4. Tornando-se agora proprietários da maior parte do sistema financeiro, os Estados ocidentais têm duas hipóteses: ou racionalizam o crédito ou então, contentes com o novo instrumento, multiplicam-no. No primeiro caso, temos uma recessão; no segundo, um desastre latino-americano.

5. Estamos a falar de Estados cujas dívidas públicas andam na maior parte dos casos entre 30% e 170% do PIB. Será bom que todo o dinheiro agora prometido seja recuperado (ou nem chegue a ser gasto). Estes Estados não aguentam uma expansão da dívida pública nas proporções agora prometidas. Ou então aguentam, mas (outra vez) apenas através da sua “latino-americanização”.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: