E agora?

Como era de prever, os europeus iriam ser obrigados a engolir a sua própria cretinice. Nos EUA vimos a democracia em acção para tentar encontrar uma solução para um problema que ninguém sabe muito bem como resolver.  O processo gerou o escárnio e o desprezo de muitos governantes europeus, que não se pouparam em palavras desagradáveis dirigidas aos (ainda…) amigos americanos. Na Europa vemos um pouco de tudo: encontros a 4 que não resultam em nada, gritaria através de fronteiras e, sobretudo, muita acção unilateral. E ainda não vi nenhum opinião ser pedida ao eleitorado ou aos seus representantes. Entretanto, talvez também não seja boa ideia pedir ao governo americano qualquer ajuda adicional que venha a ser necessária. Eles vão certamente mandar-nos dar uma voltinha.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: